sal de ervas e Gersal

 Com o aumento dos quadros de doenças cardiovasculares e o alto consumo de sal que ocorre nos dias de hoje, ter boas escolhas é  sempre bem vindo.
Por este motivo estou postando aqui estas duas receitas.
O sal de ervas alia os nutrientes presentes no sal marinho aos fitonutrientes presentes nas ervas aromáticas, dando a este tempero uma explosão de sabores e propriedades nutricionais incriveis.
O gersal não fica atrás, ele não apresenta os fitonutrientes presentes nas erva, mas por outro lado, apresenta todos os benefícios do gergelim, além de ser fonte de vitaminas, fibras e proteinas e e maravilhoso para temperar saladas, arroz, feijão, legumes.
E aí, vamos nos aventurar?
Sal de ervas
- 500 mg de sal light ou sal marinho
- 20 mg de alecrim
- 20 mg de manjericão desidratado
- 20 mg de orégano
- 20 mg de salsa desidratada
- 20 mg de cebolinha desidratada
Bater tudo no liquidificador.
Guarde num recipiente de vidro.
Utiliza como se fosse sal .
(uma colher de sal = uma colher de sal de ervas)
 
Gersal
½ xícara de gergelim branco
½ xícara de gergelim preto
1 colher de sopa de sal marinho.
Esquente uma frigideira em óleo em fogo baixo e coloque o sal deixando que ele torre um pouco. Reserve numa vasilha.
Coloque o gergelim seco na frigideira sem óleo e deixe fritar um pouco mexendo sem parar para não torrar e nem queimar porque senão a receita fica amarga.
Coloque o sal e o gergelim no liquidificador na função de pulsar ( 3 a 5 vezes).
Coloque em pote de vidro e deixe aberto até que esfrie para não umedecer.